Técnica da Escovação !

Escova
46 Flares Twitter 0 Facebook 46 46 Flares ×

A Técnica da Escovação

A técnica da escovação é um excelente estímulo sensorial tátil para a criança, principalmente os Autistas, que possuem grandes disfunções na integração sensorial. Os simples atos de andar sobre a areia da praia, tomar banho e trocar fraldas, dentre uma infinidade de atividades, podem deixar a criança extremamente irritada. Essa técnica ajuda na ” organização ” sensorial e consequentemente no controle das emoções. E isso torna a criança muita mais receptiva a tudo, tornando-a mais independente e feliz e nós, pais, muito mais calmos e tranquilos.

Benefícios:

  1. Melhora a capacidade de execução das atividades diárias, por exemplo: escovar os dentes, cortar as unhas, tomar banho;
  2. Aumenta a atenção;
  3. Diminui o desconforto ao ser tocado ou tocar alguém;
  4. Ajuda no controle das emoções, diante dos desafios;
  5. Auxilia na propriocepção (conhecimento, percepção do próprio corpo e suas partes).

Vale a pena fazer e conferir o resultado.

Ela é bastante simples e precisa ser executada com frequência. A terapia foi desenvolvido por Patricia Wilbarger, med, OTR, FAOTA e ela diz que precisa ser feita uma “dieta sensorial”, onde a escovação é praticada de 2h em 2h e somente enquanto a criança está acordada. Porém, com a correria do dia a dia, se praticarmos esse exercício 3 vezes ao dia, já está ótimo! A escovação não deve ser feita no rosto, peito e estômago, porque estas áreas são sensíveis e podem ocorrer reações adversas.

Após a terapia de escovação, deve-se fazer compressões articulares suaves nos ombros, cotovelos, punhos, dedos, quadris, joelhos, tornozelos e esterno, por dez vezes em cada articulação.

É necessária uma escova apropriada para isso, que seja de plástico e bem macia, como estas:

Therapressures Brush – só a encontrei em sites americanos.

Escova Cirúrgica Flexor – encontrei em lojas de produtos hospitalares.

Existe também uma escova com vibração que eu adoro, porque ela fornece dois estímulos proprioceptivos ao mesmo tempo; pressão e vibração! Mas só a encontrei em sites americanos até agora.

Escova

VibraDerm Massager Brush – www.especialneeds.com

 

A escovação deve ser feita da seguinte maneira:

1 – Escova apropriada para este tipo de estímulo nas mãos (cerdas macias);

2- Segurar a escova com firmeza e passar no braço da criança, por exemplo, de cima para baixo e vice-versa, do ombro até as mãos, sem tirar a escova da pele e sempre fazendo um pouco de pressão. Fazer isso em todo o braço; depois passar no outro, depois nas pernas e por último nas costas;

3- Terminar a estimulação fazendo compressões suaves nas articulações.

Essa técnica deve ser ensinada e feita por um Fisioterapeuta ou Terapeuta Ocupacional.

Vídeo da minha prática com o Arthur.

4 Responses to Técnica da Escovação !

  1. Ticiane Michele de Sousa disse:

    Olha, não tenho filhos com necessidades especiais, mas cheguei ao seu site, e olhei por curiosidade. Fiquei extremamente comovida com sua história, e estou escrevendo somente para lhe parabenizar por tudo, e que Deus abençoe grandemente você, seu Lindinho Artur e toda sua família. Você serve de exemplo para todos nós, e eu estarei divulgando seu site, pois suas dicas podem ser muito úteis.
    Que Deus proteja e abençoe, sempre!

    • Márcia disse:

      Obrigada pelo carinho Ticiane!!! Decidi que nessa vida vou ajudar quem precisa! Quero chegar até as pessoas que não tem acesso à fisioterapia e às outras terapias, que são tão caras nesse país. Não sou fisio, nem fono, mas sou mãe que está exercitando o filho todos os dias. Acho que posso ser útil né?!!! Beijos e saúde para sua família!!!!

  2. graziele disse:

    bom dia sou T.O e queria apresentar esse video para uma familia que tem filho autista, como faço para baixar?

    obrigada

  3. Bruna Mickaele disse:

    Oi. Gostei muito do seu site. Tenho um filho com paralisia, ele já tem quase dois anos e não tem reação de quase nada. Gostei muito das suas dicas. Tenho vontade de fazer com ele mais tenho medo, aqui onde moro não tem fisioterapeuta especializado nessa área, só fazem o básico e terapeuta ocupacional não tem de jeito nenhum. Você acha que posso fazer essas experiências por conta?
    Meu nome é Mickaele

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *